domingo, 15 de novembro de 2020

Coletivo FKR Brasil

E aí, galera!

As coisas andam bem agitadas nas discussões e experiências envolvendo a Free Kriegsspiel Revolution (FKR)! Por sugestão do meu grande amigo Quiral, criamos um grupo (a princípio no WhatsApp, que migramos para o Telegram eventualmente), que contou com a pronta aderência do Filipe Dalmatti - que criou um material excepcional, já falo sobre ele.


Enfim, um dos desafios nesse início de discussões e experimentações com a FKR tem sido o de explicar as propostas do movimento. Não pelo fato de serem muito complexas, mas, inversamente, por serem muito simples e estarmos muito apegados a uma longa tradição de mecanização presentes nos jogos de RPG.

O Filipe, então, elaborou um documento, que consiste em uma cuidadosa revisão bibliográfica e lista de referências de blogs e jogos FKR. O documento é intitulado FKR Collectio e é leitura quase obrigatória para quem está interessado em aprofundar mais sobre essa proposta. O endereço para contato do Filipe, caso alguém queira mandar um alô, está no próprio pdf!

Dessas discussões iniciais resultou um aprofundamento e enriquecimento bem bacana (só posso falar por mim, né... hehe) e alguns protótipos de jogos: um "FKR no Deserto" proposto pelo Saulo (que virou mesa por texto - sou um dos jogadores, junto com o Paulo, a Vitória e o João!), um FKR baseado nos romances do Patrick Rothfuss proposto pelo Paulo e um FKR baseado no universo de Harry Potter pelo Igor Teuri.

Ah, e tem outra mesa de RPG por texto, usando Any Planet is Earth, um sistema FKR sci-fi, que o Filipe propôs e que estamos no processo de criação de personagens. Nessa campanha estamos eu, a Renata, o Saulo e o João!

Enfim... muitos acontecimentos, discussões e, acima de tudo, jogos. Estou genuinamente empolgado com o potencial desse movimento, que nem bem começou e já está produzindo frutos tão bacanas. Caso queira se juntar a nós no grupo de Telegram - não posto o link pra evitar bots e spam - é só entrar em contato pelas redes sociais (mandem um alô para mim, para o Filipe ou para o Quiral).

Nenhum comentário:

Postar um comentário